Tradição bávara em Flashmob no Centro de Munique

Em meio aos turistas e passantes os integrantes da Verband iam se integrando, como se fosse normal ter tantos trajados ao mesmo tempo no Centro de Munique. Foto: Denis Simões.

Isargau Bayeriche Heimat- und Volkstrachtenverein V.e. promoveu no sábado, 01 de junho, ação com dançarinos e músicos trajados no Odeonsplatz e Marienplatz, pontos de grande circulação e destaque de Munique. Foram Flashmobs – apresentações surpresa relâmpago – que contaram com mais de 70 pessoas ; uma divulgação da Gaufest, que ocorrerá em 22 e 23 de junho. A organização do registro visual da atividade foi com exclusividade do Hin und Weg – Das Volkstanz Projekt e do Boletim Der Hut.

Apresentação na Marienplatz, em frente à Prefeitura, logo após o carrilhão ter tocado seu badalar das 12 horas. Foto: Denis Simões

A primeira parte do evento ocorreu pontualmente às 11h da manhã no Odeonsplatz, local histórico entre a antiga Residência Real da Baviera e a Theatinerkirche (Igreja dos Teatinos e São Caetano). Em meio aos turistas que lá passaram, em um ensolarado dia primaveril, os dançarinos apareceram e interpretaram juntos uma das mais tradicionais coreografias germânicas: a Kreuzpolka. Em instantes muitas câmeras e telefones celulares registravam o que ali estava acontecendo. Foram diversos círculos trazendo variações coreográficas, inclusive com Schuhplattler – o sapateado sulino.

Mais de 70 trajados, de diferentes idades, participaram do evento, realizando música e dança, além da equipe técnica. Foto: Denis Simões.

Já às 12h10min foi a vez de apresentar a Kreuzpolka no ponto mais visitado da capital bávara: na Marienplatz. O momento foi estratégico: quando o carrilhão da Prefeitura de Munique (Rathaus-Glockenspiel) deu sua última badalada os dançarinos se infiltraram em meio aos turistas ali presentes e logo depois os músicos começaram a tocar. O cenário não podia ser mais adequado: era como se o duque Wilhelm V. e sua esposa Renate von Lothringen, representados no prédio, pudessem assistir e “abençoar” os participantes. Mais uma vez houve uma enxurrada de fotografias e pessoas gravando aquele espetáculo. Mesmo de cima dos prédios que ladeiam a praça era possível escutar claramente a melodia, entoada somente com instrumentos acústicos. Em torno de 30 minutos depois houve uma repetição da dança, que alegrou um novo conjunto de passantes, movimentando ainda mais esse destacado ponto turístico muniquense.

Os participantes também fizeram fotos junto aos turistas. Momentos de trocas culturais e de lembranças inesquecíveis. Foto: Denis Simões.

Estiveram presentes a representação de 6 grupos culturais ligados ao Isargau, com diferentes trajes típicos – que deram um colorido especial à dança. E mais importante do que uma aparição pública, foi a grande integração entre as Trachtenvereine com os presentes e também a bela confraternização realizada depois, regada a excelentes cervejas muniquense nos salões do Hofbräuhaus.

As imagens foram captadas pela equipe do Hin und Weg e do Boletim Der Hut. Foto: Denis Simões.

A Gaufest é um evento promovido pela Isargau Bayeriche Heimat- und Volkstrachtenverein V.e que ocorrerá nos dias 22, sábado, e 23 de junho, domingo, que congrega os participantes dessa associação de cultura bávara. Entre outras atividades terá missa católica, desfile festivo, além de confraternizações com comes e bebes. Tem destaque os momentos de dança, quando os “tipicamente trajados” participarão de Volkstänze e Schuhplattler. Estão confirmadas a Blaskapelle Langenpettenbach e a Oberlauser Tanzlmusi. Será realizado no Festzelt Ismaning Am Eisweiher, na Dorfstraße, – 85737 – Ismaning, na Grande Munique.

A música ao vivo fez a diferença nessa ação coletiva pela cultura. Foto: Denis Simões.

O Hin und Weg – Das Volkstanz Projekt e o Boletim Der Hut trabalharam juntos no registro desse momento cultural, estando em parceria com a associação bávara. Cinco diferentes câmeras captaram os acontecimentos de diferentes ângulos, desde o olhar aéreo até o do meio do público. A coordenação do vídeo que está sendo produzido é de Claudia Santana.


Teuto-brasileiros fazendo o registro do Flashmob em Munique. Foto: Denis Simões.

2 thoughts on “Tradição bávara em Flashmob no Centro de Munique”

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você pode usar as seguintes tags HTML e atributos:

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>