“Fremde Heimat” / “Pátria Estrangeira” terá apresentação em fevereiro no Porto Verão Alegre

As migrações no passar do tempo podem ser vistas de múltiplas formas, dependendo dos diferentes pontos dos observadores. Mesmo a imigração alemã, muito tratada e revista, pode ganhar um novo olhar, dessa vez artístico, com a drama teatral Fremde Heimat / Pátria Estrangeira, no teatro do Goethe Institut, em Porto Alegre, nos dias 01, 02 e 03 de fevereiro. Faz parte da programação do Porto Verão Alegre, com muitas atividades culturais – principalmente cênicas – na capital gaúcha.

A peça tem como autor Jürgen Berger e direção de Mirah Laline, que realizaram pesquisas sobre o tema. Promoveram diálogos entre os dois países, tendo inclusive que agregar questões linguísticas. Mais do que um trabalho teatral sobre a imigração alemã, trata de adaptações dos serem humanos dentro de um processo de mudanças, com suas perspectivas e valores. Abaixo passamos sinopse disponibilizada pelo site do Porto Verão Alegre:

Peça Teatral Fremde Heimat / Pátria Estrangeira. Foto: Facebook-Pátria Estrangeira

SINOPSE: No século 19 chegaram ao Brasil colonos alemães que pela falta de perspectiva econômica se refugiaram no sul do país – as famílias receberam boas vindas com o propósito de colonizar a região e embranquecer a população. A partir de então, diversas ondas de imigração alemã se sucederam, refugiados econômicos da crise de 1920, os perseguidos pelo Nazismo e até os próprios.

Fremde Heimat / Pátria Estrangeira já foi apresentado no Brasil e na Alemanha durante o ano de 2018 e retorna ao palco do Goethe Institut. Compõe o elenco Philipe Philipsen, Camila Falcão, Martina Fröhlich, Karin Salz Engel e Parcal Berten.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você pode usar as seguintes tags HTML e atributos:

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>