Oktober Medieval uniu tradição e imaginário em Porto Alegre

Um dragão animado aguardava os presentes para a festa.
Um dragão animado aguardava os presentes para a festa.

Uma Oktoberfest que se passa na Idade Média? Sim, um evento diferente que uniu o hábito das festas de outubro alemãs com o imaginário medieval. Ocorreu no Centro Cultural 25 de Julho de Porto Alegre no dia 15/09, seguindo a tradição bávara de realizar essas festas ainda no mês de setembro. O evento reuniu amantes da cultura alemã, apaixonados pelo medievo, apreciadores de cervejas artesanais e famílias que vieram completas para participar das múltiplas atividades.

A pergunta desta festa foi: Como seria uma Oktoberfest se ocorresse na Idade Média? Para ilustrar essa questão foi escolhida a história do casal Joana – a Louca – e Felipe – o Belo -, que se casaram em  21 de outubro de 1496 em Flandres. Para contar essa história se utilizou de muita imaginação e bom humor. A festa contou com o casal real, um dragão, muitos templários e a invasão dos Vikings, em um dia festivo repleto de bons momentos.

Palestras e atividades culturais fizeram parte de todo o evento.
Palestras e atividades culturais fizeram parte de todo o evento.

Os mais de 30 expositores trouxeram conteúdos temáticos, como espadas, canecos, vestimentas, poções, artesanato, gastronomia e muito mais. Um dos destaques foi o Hidromel, que foi degustado por muitos presentes, além de alimentos veganos. A área da cutelaria contou com dois expositores, que trouxeram diferentes facas e adagas. Uma novidade desse evento medieval foi a presença de almofadas e bonecos com temáticas do medievo feitos em tecido. Uma pluralidade em um só lugar.

E a chuva não atrapalhou a festa. O mau tempo levou a Oktober Medieval para o Salão de Festas do Centro Cultural 25 de Julho de Porto Alegre, junto com 4 cervejarias e muitas atividades culturais. Também palestras e oficinas ocorreram em salas contíguas, como de dança, música, temas históricos, entre outras. As peças de teatro Poltrona de Piolho, Os Bardos de Erin e A Hora do Conto juntaram crianças e adultos para dialogarem sobre temas da Idade Média somados à contos fantásticos. Um conjunto de atividades para toda a família.

A noite iniciou com o Show do Bando Celta e com o Jantar Medieval, além da cerimônia do Casamento Real. Foram momentos animados onde o público dançou e cantou, além de apreciar uma variada gastronomia. A festa se encerrou às 23 horas, após mais de 12 horas de diversificada programação. Foram destaques os grupos de danças Arallec’h e Ciganitas, as apresentações da Cigana Iris e das alunas da professora Jéssiva Prestes, assim como do Conjunto Instrumental do 25 – com a coordenação e regência de Heine Wentz. O evento foi uma realização do Centro Cultural 25 de Julho de Porto Alegre, Grupos Arallec’h e Tanz mit uns.  Agracedimentos ao Alma Medieval e o Joy Storm Pub pelo apoio, além de todos os expositores e parceiros.

 

Danças com o Grupo de Danças Celtas Arallec'h e público
Danças com o Grupo de Danças Celtas Arallec’h e público

 

Um dragão animado aguardava os presentes para a festa.
Um dragão animado aguardava os presentes para a festa.

 

Oktober Medieval - Para toda a família
Oktober Medieval – Para toda a família

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você pode usar as seguintes tags HTML e atributos:

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>